Excelência em
Oftalmologia.

  • (48) 3632-2838
  • (48) 3632-2689

Segunda à quinta
8h às 12h - 13h30 às 18h30
Sexta 8h às 12h - 13h30 às 17h30

especialidade

Lentes de Contato

Lentes de Contato

As lentes de contato são discos de plástico finos e transparentes colocados na córnea. Como os óculos, elas corrigem erros de refração, como miopia (visão de perto) e hipermetropia (visão de longe). Com essas condições, o olho não focaliza a luz diretamente na retina como devia, o que resulta em visão embaçada. As lentes de contato são feitas com base no problema de visão, para ajudar o olho a focalizar a luz diretamente na retina.

 

As lentes de contato estão mais próximas da visão natural que os óculos. Elas se movimentam com seu olho e corrigem o erro de refração mais próximo do olho para permitir um campo mais natural de visão. Elas não atrapalham sua linha de visão, como os óculos..

As lentes de contato grudam na camada de fluido da lágrima que flutua na superfície do olho. A pressão das pálpebras também as mantém no lugar. À medida que piscamos, o olho libera lubrificação para a córnea e ajuda a expulsar quaisquer impurezas que possam ter ficado presas na lente.

 

Problemas de visão e soluções de lentes de contato

 

A curvatura das lentes em relação à luz, ou à sua força, é expressa em dioptrias. Quanto mais alto o dióptero, mais forte a lente. Se o globo ocular for muito comprido, fazendo com que os raios de luz sejam focalizados na frente da retina, o resultado é miopia, ou visão de perto. As pessoas com miopia podem ver com clareza de perto, mas sua visão de longe é embaçada. Para corrigir a miopia, as lentes de contato são mais finas no centro que nas bordas. Essas lentes são chamadas minus ou côncavas. Elas espalham a luz fora do centro da lente e move o ponto focal da luz para frente, para que a luz atinja a retina.

 

A hipermetropia, ou visão de longe, acontece quando o globo ocular é curto demais, fazendo com que os raios de luz sejam focalizados atrás da retina. As pessoas com hipermetropia podem ver com clareza de longe, mas sua visão de perto é borrada. Para corrigir a hipermetropia, as lentes são mais espessas no centro e mais finas nas bordas. Essas lentes são chamadas de plus ou convexas. A lente curva a luz na direção do centro e move o ponto focal para trás, para que a luz seja focalizada na retina e não atrás dela.

 

Uma córnea de forma irregular faz com que a luz seja focalizada em vários pontos, distorcendo a visão. Isso é chamado de astigmatismo. Para corrigir o astigmatismo, a lente é projetada especificamente para as necessidades de correção do indivíduo.

 

Enquanto as lentes usadas para corrigir a miopia e a hipermetropia são esféricas (o poder da correção é o mesmo nas lentes), o astigmatismo requer uma lente especial, chamada de lente tórica.

 

As lentes de contato tóricas são feitas com o mesmo material que as lentes esféricas, mas têm diferentes curvaturas angulares para corrigir a visão, especificamente para cada indivíduo. As lentes tóricas podem ser mais espessas em certas partes das lentes e mais finas em outras partes. Elas têm dois poderes: corrigir o astigmatismo e corrigir a miopia ou hipermetropia, se necessário. Elas também pesam mais na parte inferior ou têm bordas finas na parte superior e na parte inferior para mantê-las fixas em uma posição no olho.

 

Com a presbiopia, o olho perde sua capacidade de acomodar-se do foco de perto para o foco de longe. Isso normalmente acontece quando as pessoas envelhecem. Como a presbiopia requer correção tanto para perto como para longe, as pessoas com esse erro normalmente requerem lentes bifocais especiais ou multifocais.

 

Uma lente bifocal concêntrica tem a correção de perto em um pequeno círculo no centro da lente e a correção de longe na lente externa que o cerca (alternativamente, a correção de longe pode ser colocada no centro da lente e a correção de perto na parte externa da lente).

Uma lente de conversão imita os óculos bifocais. A lente é dividida, com a correção de longe na parte superior e a correção de perto na parte inferior.

 

Uma lente esférica coloca tanto a correção de perto como a correção de longe próximas do centro da lente. Algumas pessoas com presbiopia podem precisar de uma técnica chamada monovisão. Ela usa o olho dominante para a visão de longe e o outro olho para a visão de perto. Cada olho recebe uma lente diferente, adequada para a correção de visão necessária.

 

Cuidando das lentes de contato

 

Dicas de limpeza

  • Limpe, enxágue e desinfete suas lentes de uso diário e de uso ampliado e limpe o estojo regularmente;
  • Lave as mãos, antes de pegar nas lentes;
  • Nunca toque na lente de contato com a boca. A saliva tem bactérias que podem provocar uma infecção no olho;
  • Use apenas soluções salinas estéreis comerciais para limpar as lentes. As versões feitas em casa com tabletes de sal podem levar a infecções perigosas;
  • Nunca nade usando as lentes de contato;
  • Nunca compartilhe as lentes.

 

Embora as lentes de contato sejam geralmente seguras, elas podem provocar problemas. Normalmente, os problemas não são importantes, como desconforto para o olho, vermelhidão ou lacrimejamento. Em casos raros, as lentes de contato, especialmente lentes de uso ampliado, podem provocar uma infecção séria, chamada úlcera da córnea. Essa infecção pode provocar vermelhidão, dor, lacrimejamento e uma leve sensibilidade. Se não for tratada, poderá causar danos permanentes à visão.

 

As infecções são mais comuns em lentes de contato de uso ampliado, pois os olhos produzem menos lágrimas transportadoras de oxigênio quando estão fechados durante o sono. Mas mesmo as lentes usadas durante o dia podem provocar perda de visão, se não permitirem que oxigênio suficiente flua para a córnea.

 

Uso incorreto da lente de contato: Se você usa lentes de contato, é importante que tome os cuidados apropriadamente, especialmente se você usa computador ou outros aparelhos digitais regularmente. Isto evitará a irritação dos olhos, a possibilidade de infecção e outros problemas visuais.

 

Dê um tempo aos seus olhos: Use seus óculos.

 

Não durma com suas lentes de contato, mesmo que elas são ditas de “uso prolongado”.

 

Sempre tenha cuidado com a higiene das lentes de seu estojo.

 

Para uma melhor limpeza das lentes de contato deve-se:

  •  
  • Evitar molhar as lentes em água; usar sempre a solução de limpeza para higiene e acondicionamento das lentes.
  • Esfregar suas lentes de contato quando você as limpar, mesmo que a solução que você usa diga que não precisa.
  • Limpar seu estojo regularmente (com solução de limpeza, nunca água) e trocar de estojo a cada 2 ou 3 meses.
  • Retirar suas lentes de contato e procurar imediatamente seu médico oftalmologista se desenvolver alguns destes problemas: olho vermelho, embaçamento visual, lacrimejamento excessivo, sensibilidade à luz, ou dor e secreção ocular.

Compartilhe:

Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo WhatsApp

Agende sua consulta agora mesmo

Ligue ou envie um e-mail

  • 48 3632 2838
  • 48 3632 2689

atendimento@rafaelsilvano.com.br

Atendimento online

Horário de atendimento de segunda à quinta das 8h às 12h das 13h30 às 18h30 e na sexta das 8h às 12h das 13h30 às 17h30.

Acessar

Conheça outras especialidades

Retina

Retina

Ceratocone

Ceratocone

Transplante de Córnea

Transplante de Córnea

Conheça todas as nossas especialidades

© Copyright - Todos os direitos reservados 2019

Julian Oenning - Criação de Sites & Marketing Digital